22 de novembro de 2009

Mova-se na Direção do seu SUCESSO.!!!

Há várias definições interessantes sobre "SUCESSO".
Uma dessas definições diz que sucesso é alcançar a realização de uma meta ou objetivo. O termo "objetivo" diz respeito a um fim que se quer atingir. É o cume de uma busca, é quando você tem em mente onde e quando quer chegar. Objetivo nada mais é do que a luz no fim do túnel, o lugar ou objeto que você tanto deseja.Podemos apresentar como exemplo aquele carro que tanto deseja, um emprego que você batalha para alcançar, um futuro de paz e harmonia que você Planeja, um casamento abençoado, uma vida emocional e espiritual de paz e alegria no Espírito Santo. Concluindo a idéia sobre o sucesso, ouvi outro dia em um congresso uma definição bem simples e completa: " Sucesso é ter agora o que você não tinha antes".A grande realidade e também uma frase muito usada é que: " sucesso não vem por acaso". Não depende somente de talento ou sorte mas sim de vários ingredientes importantes e um deles se chama " DETERMINAÇÃO".
Ser determinado é ter um firme propósito de realizar, de ir adiante independente das circustâncias. Ser determinado requer esforço, requer superação, requer firmesa de propósito e convicção para realizar nossos sonhos, objetivos e propósitos.Quando nos movemos nas direção do nosso sucesso não podemos parar e pensar nas limitações que temos ou nas dificuldades que enfrentaremos. Esta é a grande diferença entre as pessoas que alcançam o sucesso e as que fracassam: as que alcançam sucesso seguem determinadas para o alvo, para o objetivo independente das circustâcias, limitações , "vales", montanhas, rios, seja qual for o obstáculo colocado a sua frente. Por que são pessoas "DETERMINADAS A CUMPRIR COM SEUS OBJETIVOS".
A Bíblia relata a história de uma pessoa muito determinada chamada Daniel. Daniel e outros três jovens da nobreza de Judá foram levados como escravos para a Babilónia, juntamente com parte dos vasos do templo. (Daniel 1). Daniel tinha 18 anos ao ser levado cativo. Seus amigos deveriam ter idade aproximada. Daniel foi obrigado a entrar para o serviço do rei da Babilónia e, de acordo com os usos dessa época, recebeu o nome caldeu de Belssazar, "Príncipe de Bel", ou "Que Bel proteja o rei!". Um nome de um deus Caldeu.Daniel foi obrigado a treinar nas escolas dos sábios da Babilónia (Dn 1:4) que tinha como objetivo prepará-lo para servir o império. Neste período, distinguiu-se pela sua devoção sincera e observância estrita da lei (Dn 1:8-16), ganhando a confiança e a estima dos seus superiores.
O hábito de se concentrar e prestar atenção a tudo, adquirido durante os seus estudos em Jerusalém, tornou-o apto a dominar a ciência e o conhecimento dos caldeus e a ser melhor do que os seus companheiros.Após três anos de disciplina e treino nas escolas reais, Daniel foi distinguido pela sua competência no campo da "ciência" do seu tempo, sendo, então, inserido na vida pública. Logo ficou conhecido pela sua capacidade em interpretar sonhos (Dn 1:17 e Dn 2:14) e foi elevado ao cargo de governador da província da cidade da Babilónia, tornando-se o "Príncipe dos governadores" e sendo colocado sobre todos os sábios da Babilónia.Mas há um segredo no sucesso de Daniel , e o segredo do sucesso foi a sua DETERMINAÇÃO, de não se contaminar com as coisas da Babilônia, dos Caldeus. Antes de todo o treinamento que teve , a palavra de Deus declara que Daniel determinou um sólido propósito na corte babilônica: "Resolveu Daniel, FIRMEMENTE, não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar. Ora, Deus fez com que Daniel achasse graça e misericórdia diante do chefe dos eunucos. (Daniel 1:8-9). Daniel decidiu FIRMEMENTE, isto é, com determinação, ousadia, coragem, independente das ciscustâcias.
As pressões babilônicas visavam a mente (o aprendizado da cultura dos caldeus, v. 4), o corpo (a alimentação, v. 5), e o espírito (a colocação, nos exilados, de nomes evocativos dos deuses babilônicos, v. 7). Daniel entrou por força das circunstâncias, em Babilônia, mas jamais permitiu que Babilônia entrasse nele. Estava em Babilônia, mas não era de Babilônia. Que determinação e coragem fantástica.Por sua DETEMINAÇÃO de não se contaminar, servir a Deus e cumprir seu propósito, Daniel não se prostrou a outros deuses e, foi levado a fornalha e, dentro da fornalha em chamas, Deus o livrou, e saiu sem nenhuma queimadura. (Daniel 3).
Por sua DETERMINAÇÃO em buscar a Deus em um mundo ostil e tenebroso, foi lançado a cova dos leões e lá passou um dia e uma noite e os leões não o fizeram mal algum.Você precisa ser uma pessoa DETERMINADA a alcançar o sucesso. Não pense que ao traçar seus planos e objetivos as coisas serão fáceis e não viram "fornalhas" e leões" para desanimá-lo ou fazê-lo desistir. Entenda que todos nós um dia podemos enveredar por um caminho errado mas precisamos ter a firme determinação de retornar e seguir o plano original rumo ao sucesso.
Gente bem-sucedida não nasceu predestinada. Apenas ousou lutar por seus ideais. O caminho de quem tem sucesso não é ou não foi fácil. Por vezes, os obstáculos foram tantos que a vontade de desistir foi maior e desistiram . Mas, para muitos, a realização foi plena e eles marcaram sua existência como Daniel marcou em meio a uma civilização idólatra, promiscua e corrupta. Não desista do seu sucesso, seja determinado , seja perseverante .A Bíblia declara para corremos com PERSEVERANÇA, a carreira que nos está proposta, isto é, corrermos com DETERMINAÇÃO (Hebreus 12:2). Isto que dizer que devemos colocar toda nossa força, garra, vontade e coração para atingir o sucesso, para atingir nosso sonho, para atingir nosso objetivo, para atingir a carreia que nos está proposta, isto é , cumprir o nosso propósito.
Lute FIRMEMENTE pelo teus sonhos, pelos teus estudos, pelo teu casamento, pelo teu ministério, pela busca de Deus, por uma vida emocional e espiritual plena, pelo teu progresso material. Lute com determinação. Você é um vencedor, mas seja como DANIEL, determinado e MOVA-SE NA DIREÇÃO DO SEU SUCESSO COM DETERMINAÇÃO, FÉ, CORAGEM E OUSADIA.

18 de novembro de 2009

Viver é Vencer Desafios.!!

Os japoneses sempre adoraram peixe fresco. Porém, as águas perto do Japão não produzem muitos peixes há décadas. Assim, para alimentar a sua população os japoneses aumentaram o tamanho dos navios pesqueiros e começaram a pescar mais longe do que nunca. Quanto mais longe os pescadores iam, mais tempo levava para o peixe chegar. Se a viagem de volta levasse mais do que alguns dias, o peixe já não era mais fresco. E os consumidores japoneses, que eram o público alvo, não gostaram do gosto destes peixes. Para resolver este problema, as empresas de pesca instalaram congeladores em seus barcos. Eles pescavam e congelavam os peixes em alto-mar. Os congeladores permitiram que os pesqueiros fossem mais longe e ficassem em alto mar por muito mais tempo.

O público alvo, porém, conseguia notar a diferença entre peixe fresco e peixe congelado e, é claro, não gostou do peixe congelado. Então, as empresas de pesca instalaram tanques de peixe nos navios pesqueiros. Eles podiam pescar e enfiar esses peixes nos tanques, como “sardinhas”.
Depois de certo tempo, pela falta de espaço, os peixes paravam de se debater e não se moviam mais. Eles chegavam vivos, porém cansados e abatidos. Infelizmente, os japoneses ainda podiam notar a diferença do gosto. Por não se mexerem por dias, os peixes perdiam o gosto de frescor. Os consumidores japoneses preferiam o gosto de peixe fresco e não o gosto de peixe apático.
Como os japoneses resolveram este problema? Como eles conseguiram trazer ao Japão peixes com gosto de puro frescor? Se você estivesse dando consultoria para a empresa de pesca, o que você recomendaria?

Antes da resposta, leia o que vem abaixo:
Quando as pessoas atingem seus objetivos - tais como: quando encontram uma namorada maravilhosa, quando começam com sucesso numa empresa nova, quando pagam todas as suas dívidas, ou o que quer que seja, elas podem perder as suas paixões. Elas podem começar a pensar que não precisam mais trabalhar tanto, então, relaxam.
Elas passam pelos mesmos problemas de ganhadores de loteria, que gastam todo seu dinheiro, o mesmo ocorre com os herdeiros que ganham tudo sem trabalho algum, sempre se acham vítimas e nunca crescem, e de donas-de-casa, entediadas que ficam dependentes de remédios de tarja preta.
Para esses problemas, inclusive no caso dos peixes dos japoneses, a solução é bem simples. L. Ron Hubbard observou, no começo dos anos 50: “O homem progride, estranhamente, somente perante a um ambiente desafiador.
Quanto mais inteligente, persistente e competitivo você é, mais você gosta de um bom problema. Se seus desafios estão de um tamanho correto e você consegue, passo a passo, conquistar esses desafios, você fica muito feliz.
Você pensa em seus desafios e se sente com mais energia. Você fica excitado e com vontade de tentar novas soluções. Você se diverte. Você fica vivo!
Para conservar o gosto de peixe fresco, as empresas de pesca japonesas ainda colocam os peixes dentro de tanques, nos seus barcos. Mas, eles também adicionam um tubarão de pequeno porte em cada tanque. O tubarão come alguns peixes, mas a maioria dos peixes chega “muito vivos”. E fresco no desembarque. Tudo porque os peixes são desafiados, lá nos tanques.
Portanto, como norma de vida, ao invés de evitar desafios, pule dentro deles. Massacre-os. Curta o jogo. Se seus desafios são muito grandes e numerosos, não desista, se reorganize! Busque mais determinação, mais conhecimento e mais ajuda. Se você alcançou seus objetivos, coloque objetivos maiores. Uma vez que suas necessidades pessoais ou familiares forem atingidas, vá ao encontro dos objetivos do seu grupo, da sociedade e, até mesmo, da humanidade. Crie seu sucesso pessoal e não se acomode nele. Você tem recursos, habilidades e destrezas para fazer a diferença.
“Ponha um tubarão no seu tanque e veja quão longe você realmente pode chegar.”

4 de novembro de 2009

Corrupção em Monte Castelo-SP

O prefeito de Monte Castelo (SP), Odair Silis (PMDB), é suspeito de cobrar propina de uma empresa contratada por meio de licitação para construir uma creche, informou nesta terça-feira reportagem do "Jornal Nacional", da TV Globo.A reportagem mostrou imagens do encontro do prefeito com o empresário dono da construtora, Edmar Gomes Ribeiro, que fez a denúncia. Segundo o Ribeiro, o prefeito tinha exigido R$ 8.000 como primeiro pagamento, mas entrega apenas R$ 4.000.A obra foi orçada em R$ 1 milhão e financiada com recursos do governo federal via FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Como nesse sistema as prefeituras recebem os recursos federais e fazem os pagamentos, o prefeito teria cobrado a propina para liberar o dinheiro à construtora.Segundo a reportagem, a Polícia Federal já investiga o caso há seis meses. Ao "Jornal Nacional", o prefeito negou que tenha recebido propina, apesar de ter sido alertado pela reportagem sobre as imagens gravadas comprovando a denúncia.
Esse é o País da vergonha e da Impunidade sorte deles não estarem na China para não serem fuzilados em praça pública...
video

9 de outubro de 2009

Igreja o que nos Tornamos..??

Era para ser igreja, mas virou empresa
Era para ser pastor, mas virou lobo
Era para ser luz, mas amou a escuridão
Era para ser Jesus, mas preferiu Barrabás
Era para ser pela Bíblia, mas enveredou pelo que dizem os homens
Era para ser sinal, mas já virou o fim em si mesmo
Era para ser testemunho, virou vergonha
Era para ser milagre, agora é rotina
Era para ser vibrante, ficou maçante
Era para ser sagrado, prostituiu-se
Era para ser caminho de cruz, agora é passarela de astros
Era para ser... não éNão é mais o lugar da simplicidade, agora tudo é escandaloso
Nâo é mais a sagrada comunhão dos fraternos, é o cansativo clube dos iguais
Não é mais o espaço da alegria, está vigiada pela suspeita da inveja
Não é mais pela força da unidade, é pelo tamanho numérico
Não é mais pela força do abraço, mas pela violência do braço
Não é mais a beleza de um judeu errante da Galileia, é a divindade disfarçada de pastor
Não é mais pela fé, é pela vitória financeira
Não é mais... não somos mais... deixamos de ser...
In-verso, a rima perdida na dor do não-ser.

fonte: http://www.genizahvirtual.com/

1 de outubro de 2009

ACERVO HISTÓRICO DOS ESCÂNDALOS POLÍTICOS.!!

ACERVO DOS ESCÂNDALOS POLÍTICOS !!! (PARA VOSSA REFLEXÃO)

Vamos mudar esse País OBSERVEM que isso tudo é verdade, não é invenção de Internet
refrescar a memória........ é bom sim... lembram??Deus...... como somos cordeiros e distraidos!!!esquecemos de tudo muito rapidamente.

Para guardar em arquivo . Consultar nas eleições.
Acervo histórico. Não deixe de repassá-lo. Estará prestando um serviço ao futuro desta nação!
Para você relembrar, se viveu, ou para conhecer um pouco da história recente da CORRUPÇÃO NO Brasil.


(GUARDAR PARA LEMBRAR NAS URNAS) UM VERDADEIRO ACERVO HISTÓRICO.
Progressão do aprendizado delitivo no eterno 'País do Futuro'.
Governo Ernesto Geisel ( 1974- 1979)
Caso Wladimir Herzog
Caso Manuel File Filho
Caso Lutfala
Caso Atalla
Ângelo Calmon de Sá
(ministro acusado de passar um gigantesco cheque sem fundos)
Lei Falcão (1976)
Pacote de Abril (1977)
Grandes Mordomias dos Ministros
Governo João Figueiredo (1979- 1985)
Caso Capemi
Caso do Grupo Delfim
Escândalo da Mandioca
Escândalo da Brasilinvest
Escândalo das Polonetas
Escândalo do Instituto Nacional de Assistência Médica do INAMPS
Caso Morel
Crime da Mala
Caso Coroa-Brastel
Escândalo das Jóias
Governo Sarney ( 1985- 1990)
CPI DA Corrupção
Escândalo do Ministério das Comunicações (Grande número de concessões de rádios e TVs para políticos aliados ou não Ao Sarney. A concessão é em troca de cargos, votos ou apoio Ao presidente)
Caso Chiarelli (Dossiê do Antônio Carlos Magalhães contra o senador Carlos Chiarelli ou 'Dossiê Chiarelli')
Caso Imbraim Abi-Ackel
Escândalo da Administração de Orestes Quécia
Escândalo do Contrabando das Pedras Preciosas
Governo Fernando Collor (1990- 1992)
Escândalo da Aprovação da Lei da Privatização das Estatais
Programa Nacional de Desestatização
Escândalo do INSS (ou Escândalo da Previdência Social)
Escândalo do BCCI (ou caso Sérgio Corrêa da Costa)
Escândalo da Ceme (Central de Medicamentos)
Escândalo da LBA
Esquema PP
Esquema PC (Caso Collor)
Escândalo da Eletronorte
Escândalo do FGTS
Escândalo da Ação Social
Escândalo do BC
Escândalo da Merenda
Escândalo das Estatais
Escândalo das Comunicações
Escândalo da Vasp
Escândalo do Fundo de Participação
Escândalo do BB
Governo Itamar Franco ( 1992- 1995)
Centro Federal de Inteligência
(Criação da CFI para combater corrupção em todas as esferas do governo)
Caso Edmundo Pinto
Escândalo do DNOCS (Departamento Nacional de Obras contra a Seca) (ou caso Inocêncio Oliveira )
Escândalo da IBF ( Indústria Brasileira de Formulários)
Escândalo do INAMPS ( Instituto Nacional de Assistência Previdência Social)
Irregularidades no Programa Nacional de Desestatização
Caso Nilo Coelho
Caso Eliseu Resende
Caso Queiroz Galvão (em Pernambuco)
Escândalo da Telemig (Minas Gerais)
Jogo do Bicho (ou Caso Castor de Andrade) (no Rio de Janeiro)
Caso Ney Maranhão
Escândalo do Paubrasil (Paubrasil Engenharia e Montagens)
Escândalo da Administração de Roberto Requião
Escândalo da Cruz Vermelha Brasileira
Caso José Carlos da Rocha Lima
Escândalo da Colac (no Rio Grande do Sul)
Escândalo da Fundação Padre Francisco de Assis Castro Monteiro (em Ibicuitinga, Ceará)
Escândalo da Administração de Antônio Carlos Magalhães (Bahia)
Escândalo da Administração de Jaime Campos (Mato Grosso)
Escândalo da Administração de Roberto Requião (Paraná)
Escândalo da Administração de Ottomar Pinto (em Roraima)
Escândalo da Sudene de Pernambuco
Escândalo da Prefeitura de Natal (no Rio Grande do Norte)
CPI do Detran (em Santa Catarina)
Caso Restaurante Gulliver (tentativa do governador Ronaldo Cunha Lima matar o governador antecessor Tarcísio Burity, por causa das denúncias de Irregularidades naSudene de Paraíba)
CPI do Pó (em Paraíba)
Escândalo da Estacom (em Tocantins)
Escândalo do Orçamento da União (ou Escândalo dos Anões do Orçamento ou CPI do Orçamento)
Compra e Venda dos Mandatos dos Deputados do PSD
Caso Ricupero (também conhecido como 'Escândalo das Parabólicas').
Governo Fernando Henrique (1995- 2003)
Escândalo do Sivam
Escândalo da Pasta Rosa
Escândalo da CONAN
Escândalo da Administração de Paulo Maluf
Escândalo do BNDES (verbas para socorrerem ex-estatais privatizadas)
Escândalo da Telebrás
Caso PC Farias
Escândalo da Compra de Votos Para Emenda DA Reeleição
Escândalo da Venda da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD)
Escândalo da Previdência
Escândalo da Administração do PT (primeira denúncia contra o Partido dos Trabalhadores desde a fundação em 1980, feito pelo militante do partido Paulo de Tarso Venceslau)
Escândalo dos Precatórios
Escândalo do Banestado
Escândalo da Encol
Escândalo da Mesbla
Escândalo do Banespa
Escândalo da Desvalorização do Real
Escândalo dos Fiscais de São Paulo (ou Máfia dos Fiscais)
Escândalo do Mappin
Dossiê Cayman (ou Escândalo do Dossiê Cayman ou Escândalo do Dossiê Caribe)
Escândalo dos Grampos Contra FHC e Aliados
Escândalo do Judiciário
Escândalo dos Bancos
CPI do Narcotráfico
CPI do Crime Organizado
Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo FHC
Escândalo da Banda Podre
Escândalo dos Medicamentos
Quebra do Monopólio do Petróleo (criação DA ANP)
Escândalo da Transbrasil
Escândalo da Pane DDD do Sistema Telefônico Privatizado (o 'Caladão')
Escândalo dos Desvios de Verbas do TRT-SP (Caso Nicolau dos Santos Neto , o 'Lalau')
Escândalo da Administração da Roseana Sarney (Maranhão)
Corrupção na Prefeitura de São Paulo (ou Caso Celso Pitta)
Escândalo da Sudam
Escândalo da Sudene
Escândalo do Banpará
Escândalo da Quebra do Sigilo do Painel do Senado
Escândalos no Senado em 2001
Escândalo da Administração de Mão Santa (Piauí)
Caso Lunus (ou Caso Roseana Sarney )
Acidentes Ambientais da Petrobrás
Abuso de Medidas Provisórias (5.491)
Escândalo do Abafamento das CPIs no Governo do FHC
e agora...
Uma pequena AMOSTRA do Governo Lula
CALMA... Vai ter muito mais!!!
Caso Pinheiro Landim
Caso Celso Daniel
Caso Toninho do PT
Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
Escândalo do Proprinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha )
CPI do Banestado
Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
Privatização das Estatais no Primeiro Ano do Governo Lula
Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
Irregularidades do Fome Zero
Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
Escândalo do Ministério do Trabalho
Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queizoz)
Operação Anaconda
Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
Caso José Eduardo Dutra
Escândalo dos Frangos (em Roraima)
Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
Expulsão dos Políticos do PT
Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
Escândalo da ONG Ágora
Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
Caso Henrique Meirelles
Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
Caso Cássio Caseb
Caso Kroll
Conselho Federal de Jornalismo
Escândalo dos Vampiros
Escândalo das Fotos de Herzog
Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
Caso Antônio Celso Cipriani
Irregularidades na Bolsa-Escola
Caso Flamarion Portela
Irregularidades na Bolsa-Família
Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
Escândalo do IRB
Escândalo da Novadata
Escândalo da Usina de Itaipu
Escândalo das Furnas
Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
Escândalo da Secom
Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
Escândalo da CPEM
Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
Caso Marka/FonteCindam
Escândalo dos Dólares na Cueca
Escândalo do Banco Santos
Escândalo Daniel Dantas - Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
Escândalo da Interbrazil
Caso Toninho da Barcelona
Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
Caso dos Dólares de Cuba
Doação de Roupas da Lu Alckmin
Doação de Terninhos de Marísa da Silva
Escândalo da Nossa Caixa
Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
Escândalo das Cartilhas do PT
Escândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
Escândalo do Proer
Escândalo dos Fundos de Pensão
Escândalo dos Grampos na Abin
Escândalo do Foro de São Paulo
Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
Escândalo do Mensalinho
Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
69 CPIs Abafadas pelo Geraldo Alckmin (em São Paulo)
Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
Crise da Varig
Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
CPI da Imigração Ilegal
CPI do Tráfico de Armas
Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
Operação Confraria
Operação Dominó
Operação Saúva
Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
Escândalo dos Grampos no TSE
Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
ONG Unitrabalho
Escândalo da Renascer em Cristo
CPI das ONGs
Operação Testamento
CPI do Apagão Aéreo ( Câmara dos Deputados) 99. Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão ) 100. Operação Navalha 101. Operação Xeque-Mate 102. Escândalo da Venda da Varig

Abaixo lista de políticos com ficha criminal - DIVULGUEM
Essa é para guardar... E distribuir ao máximo!

EM QUEM NÃO VOTAR
1- ABELARDO LUPION Deputado PFL-PR Sonegação Fiscal
2 -ADEMIR PRATES Deputado PDT-MG Falsidade Ideológica
3 AELTON FREITAS Senador PL-MG Crime de Responsabilidade e Estelionato
4 -AIRTON ROVEDA Deputado PPS-PR Peculato
5 -ALBÉRICO FILHO Deputado PMDB-MA Apropriação Indébita
6 -ALCESTE ALMEIDA Deputado PTB-RR Peculato e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
7 -ALEX CANZIANI Deputado PTB-PR Peculato
8 -ALMEIDA DE JESUS Deputado PL-CE Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
9 -ALMIR MOURA Deputado PFL-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
10 -AMAURI GASQUES Deputado PL-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
11 -ANDRÉ ZACHAROW Deputado PMDB-PR Improbidade Administrativa
12 -ANÍBAL GOMES Deputado PMDB-CE Improbidade Administrativa
13 -ANTERO PAES DE BARROS Senador PSDB-MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
14 -ANTÔNIO CARLOS PANNUNZIO Deputado PSDB-SP Crime de Responsabilidade
15- ANTÔNIO JOAQUIM Deputado PSDB-MA Improbidade Administrativa
16 -BENEDITO DE LIRA Deputado PP-AL Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
17- BENEDITO DIAS Deputado PP-AP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
18 -BENJAMIN MARANHÃO Deputado PMDB-PB Crime Eleitoral
19 -BISPO WANDERVAL Deputado PL-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
20 -CABO JÚLIO (JÚLIO CÉSAR GOMES DOS SANTOS) Deputado PMDB-MG Crime Militar, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
21 -CARLOS ALBERTO LERÉIA Deputado PSDB-GO Lesão Corporal
22 -CELSO RUSSOMANNO Deputado PP-SP Crime Eleitoral, Peculato e Agressão
23 -CHICO DA PRINCESA (FRANCISCO OCTÁVIO BECKERT) Deputado PL-PR Crime Eleitoral
24 -CIRO NOGUEIRA Deputado PP-PI Crime Contra a Ordem Tributária e Prevaricação
25 -CLEONÂNCIO FONSECA Deputado PP-SE Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
26- CLÓVIS FECURY Deputado PFL-MA Crime Contra a Ordem Tributária
27 -CORIALANO SALES Deputado PFL-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
28 -DARCÍSIO PERONDI Deputado PMDB-RS Improbidade Administrativa
29 -DAVI ALCOLUMBRE Deputado PFL-AP Corrupção Ativa
30- DILCEU SPERAFICO Deputado PP-PR Apropriação
-DOUTOR HELENO Deputado PSC-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
32 -EDSON ANDRINO Deputado PMDB-SC Crime de Responsabilidade
33 -EDUARDO AZEREDO Senador PSDB-MG Improbidade Administrativa
34 -EDUARDO GOMES Deputado PSDB-TO Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
35 -EDUARDO SEABRA Deputado PTB-AP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
36 -ELIMAR MÁXIMO DAMASCENO Deputado PRONA-SP Falsidade Ideológica
37 -EDIR DE OLIVEIRA Deputado PTB-RS Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
38- EDNA MACEDO Deputado PTB-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
39- ELAINE COSTA Deputada PTB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
40 -ELISEU PADILHA Deputado PMDB-RS Corrupção Passiva
41- ENIVALDO RIBEIRO Deputado PP-PB Crime Contra a Ordem Tributária, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
42 -ÉRICO RIBEIRO Deputado PP-RS Crime Contra a Ordem Tributária e Apropriação Indébita
43 -FERNANDO ESTIMA Deputado PPS-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
44 -FERNANDO GONÇALVES Deputado PTB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
45 -GARIBALDI ALVES Senador PMDB-RN Crime Eleitoral
46 -GIACOBO (FERNANDO LUCIO GIACOBO) Deputado PL-PR Crime Contra a Ordem Tributária e Seqüestro
47 -GONZAGA PATRIOTA Deputado PSDB-PE Apropriação Indébita
48 -GUILHERME MENEZES Deputado PT-BA Improbidade Administrativa
49 -INALDO LEITÃO Deputado PL-PB Crime Contra o Patrimônio, Declaração Falsa de Imposto de Renda
50 -INOCÊNCIO DE OLIVEIRA Deputado PMDB-PE Crime de Escravidão
51- IRAPUAN TEIXEIRA Deputado PP-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
52 -IRIS SIMÕES Deputado PTB-PR Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
53- ITAMAR SERPA Deputado PSDB-RJ Crime Contra o Consumidor, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
54 -ISAÍAS SILVESTRE Deputado PSB-MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
55 -JACKSON BARRETO Deputado PTB-SE Peculato e Improbidade Administrativa
56 -JADER BARBALHO Deputado PMDB-PA Improbidade Administrativa, Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Lavagem de Dinheiro
57- JAIME MARTINS Deputado PL-MG Crime Eleitoral
58 -JEFERSON CAMPOS Deputado PTB-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
59- JOÃO BATISTA Deputado PP-SP Falsidade Ideológica, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
60 -JOÃO CALDAS Deputado PL-AL Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
61 -JOÃO CORREIA Deputado PMDB-AC Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
62 -JOÃO HERRMANN NETO Deputado PDT-SP Apropriação Indébita
63 -JOÃO MAGNO Deputado PT-MG Lavagem de Dinheiro
64 -JOÃO MENDES DE JESUS Deputado PSB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
65 -JOÃO PAULO CUNHA Deputado PT-SP Corrupção Passiva, Lavagem de Dinheiro e Peculato
66 -JOÃO RIBEIRO Senador PL-TO Peculato e Crime de Escravidão
67 -JORGE PINHEIRO Deputado PL-DF Crime Ambiental
68 -JOSÉ DIVINO Deputado PRB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
69 -JOSÉ JANENE Deputado PP-PR Estelionato, Improbidade Administrativa, Lavagem de Dinheiro, Corrupção Passiva, Formação de Quadrilha, Apropriação Indébita e Crime Eleitoral
70 -JOSÉ LINHARES Deputado PP-CE Improbidade Administrativa
71 -JOSÉ MENTOR Deputado PT-SP Corrupção Passiva
72 -JOSÉ MILITÃO Deputado PTB-MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
73 -JOSÉ PRIANTE Deputado PMDB-PA Crime Contra o Sistema Financeiro
74 -JOVAIR ARANTES Deputado PTB-GO Improbidade Administrativa
75 -JOVINO CÂNDIDO Deputado PV-SP Improbidade Administrativa
76 -JÚLIO CÉSAR Deputado PFL-PI Peculato, Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Falsidade Ideológica
77 -JÚLIO LOPES Deputado PP-RJ Falsidade Ideológica
78 -JÚNIOR BETÃO Deputado PL-AC Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
79 -JUVÊNCIO DA FONSECA Deputado PSDB-MS Improbidade Administrativa
80 -LAURA CARNEIRO Deputada PFL-RJ Improbidade Administrativa e Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
81 -LEONEL PAVAN Senador PSDB-SC Contratação de Serviços Públicos Sem Licitação e Concussão
82 -LIDEU ARAÚJO Deputado PP-SP Crime Eleitoral
83 -LINO ROSSI Deputado PP-MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
84 -LÚCIA VÂNIA Senadora PSDB-GO
-LUIZ ANTÔNIO FLEURY Deputado PTB-SP Improbidade Administrativa
86 -LUPÉRCIO RAMOS Deputado PMDB-AM Crime de Aborto
87 -MÃO SANTA Senador PMDB-PI Improbidade
-MARCELINO FRAGA Deputado PMDB-ES Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
89 -MARCELO CRIVELA Senador PRB-RJ Crime Contra o Sistema Financeiro e Falsidade Ideológica
90 -MARCELO TEIXEIRA Deputado PSDB-CE Sonegação Fiscal
91 -MÁRCIO REINALDO MOREIRA Deputado PP-MG Crime Ambiental
92 -MARCOS ABRAMO Deputado PP-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
93 -MÁRIO NEGROMONTE Deputado PP-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
94 -MAURÍCIO RABELO Deputado PL-TO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
95 -NÉLIO DIAS Deputado PP-RN Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
96 -NELSON BORNIER Deputado PMDB-RJ Improbidade Administrativa
97 -NEUTON LIMA Deputado PTB-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
98 -NEY SUASSUNA Senador PMDB-PB Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
99 -NILTON CAPIXABA Deputado PTB-RO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
100 -OSMÂNIO PEREIRA Deputado PTB-MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
101 -OSVALDO REIS Deputado PMDB-TO Apropriação Indébita
102 -PASTOR AMARILDO Deputado PSC-TO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
103 -PAULO AFONSO Deputado PMDB-SC Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Improbidade Administrativa
104 -PAULO BALTAZAR Deputado PSB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
105 -PAULO FEIJÓ Deputado PSDB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
106 -PAULO JOSÉ GOUVEIA Deputado PL-RS Porte Ilegal de Arma
107 -PAULO LIMA Deputado PMDB-SP Extorsão e Sonegação Fiscal
108 -PAULO MAGALHÃES Deputado PFL-BA Lesão Corporal
109 -PEDRO HENRY Deputado PP-MT Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Corrupção Passiva, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
110 -PROFESSOR IRAPUAN Deputado PP-SP Crime Eleitoral
111 -PROFESSOR LUIZINHO Deputado PT-SP Lavagem de Dinheiro
112 -RAIMUNDO SANTOS Deputado PL-PA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
113 -REGINALDO GERMANO Deputado PP-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
114 -REINALDO BETÃO Deputado PL-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
115 -REINALDO GRIPP Deputado PL-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
116 -REMI TRINTA Deputado PL-MA Estelionato e Crime
117-RIBAMAR ALVES Deputado PSB-MA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
118 -RICARDO BARROS Deputado PP-PR Sonegação Fiscal
119 -RICARTE DE FREITAS Deputado PTB-MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
120 -RODOLFO TOURINHO Senador PFL-BA Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
121 -ROMERO JUCÁ Senador PMDB-RR Improbidade Administrativa
122 -ROMEU QUEIROZ Deputado PTB-MG Corrupção Ativa, Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro
123 -RONALDO DIMAS Deputado PSDB-TO Crime Eleitoral
124 -SANDRO MABEL Deputado PL-GO Crime Contra a Ordem Tributária
125 -SUELY CAMPOS Deputada PP-RR Crime Eleitoral
126 -TATICO (JOSÉ FUSCALDI CESÍLIO) Deputado PTB-DF Crime Contra a Ordem Tributária, Declaração Falsa de Imposto de Renda e Sonegação Fiscal
127 -TETÉ BEZERRA Deputado PMDB-MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
128 -THELMA DE OLIVEIRA Deputada PSDB-MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
129 -VADÃO GOMES Deputado PP-SP Improbidade Administrativa e Crime Contra a Ordem Tributária
130 -VALDIR RAUPP Senador PMDB-RO Peculato, Uso de Documento Falso, Crime Contra o Sistema Financeiro, Crime Eleitoral e Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
131 -VALMIR AMARAL Senador PTB-DF Apropriação Indébita
132 -VANDERLEI ASSIS Deputado PP-SP Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
133 -VIEIRA REIS Deputado PRB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)134 -VITTORIO MEDIOLI Deputado PV-MG Sonegação Fiscal
135 -WANDERVAL SANTOS Deputada PL-SP Corrupção Passiva
136 -WELLINGTON FAGUNDES Deputada PL-MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
137 -ZÉ GERARDO Deputado PMDB-CE Crime de Responsabilidade
138 -ZELINDA NOVAES Deputada PFL-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
139 -Ângela Guadagnin Deputada PT-SP Dançarina do Plenário da Câmara, comemorando absolvição de corrupto
140 -Antônio Palocci Ex-Ministro PT-SP Quebra de Sigilo Bancário
141 -Carlos Rodrigues Ex-Deputado PL-RJ Bispo Rodrigues
142 -Delúbio Soares Tesoureiro PT-GO Ex Tesoureiro do PT
143 -José Dirceu Ex-Deputado PT-SP Mensalão
144 -José Genoíno Ex-Deputado PT-SP Mensalão, Dólares na Cueca
145 -José Nobre Guimarães DeputadoEst. PT-CE Dólares na Cueca (Agora Candidato a Dep. Federal)
146 -Josias Gomes Deputado PT-BA Mensalão, CPI dos Correios
147 -Luiz Gushiken Ex-Ministro PT-SP CPI dos Correios
148 -Paulo Salim Maluf Ex PPB-SP Corrupção, Falcatruas, Improbidade Administrativa, Desvio de Dinheiro Público, Lavagem de dinheiro
149 -Paulo Pimenta Deputado PT-RS Compra de Votos, Mensalão, CPI Correios
150 -Pedro Corrêa Ex-Deputado PP-PE Cassado em associação ao Escândalo do Mensalão, Compra de Votos
151 -Roberto Brant Deputado PFL-MG Crime Eleitoral, Mensalão, CPI Correios
152 -Roberto Jefferson Ex-Deputado PTB-RJ Mensalão
153 -Severino Cavalcanti Ex-Deputado PP-PE Escândalo do Mensalinho (Renuncio para evitar a cassação)
154 -Silvio Pereira SecretárioPT PT Mensalão
155 -Valdemar Costa Neto Exc-Deputado PL-SP Mensalão (renunciou para evitar a cassação)

28 de setembro de 2009

O que o domina, o Medo ou o desejo de Vencer?

Pense em quantas vezes nos deixamos de nos posicionarmos, de arriscar, de tantas outras e outras coisas, simplesmente por causa do medo. Acredito que devemos conhecer nosso inimigo, chama-lo pelo nome, reconhecer sua presença e não permitir que ele nos domine.

Saberemos se os resultados serão positivos ou negativos apenas se arriscarmos. Então que possamos dar passos em direção aos seus sonhos, que não sejamos parados novamente, vamos tentar e não deixar mais o medo ganhar. Viremos o jogo, tracemos novas estratégias, estejamos focados nos nossos objetivos. Persevere! Persevere! Persevere e Não tenha medo de ser um VENCEDOR!

"A perseverança é dos segredos mais importantes do êxito".
Tenha Uma Semana de Sucesso..!!!

17 de setembro de 2009

O que é Desenvolvimento sustentável.??





















Desenvolvimento sustentável é a forma de desenvolvimento que não agride o meio ambiente de maneira que não prejudica o desenvolvimento vindouro, ou seja, é uma forma de desenvolver sem criar problemas que possam atrapalhar e/ou impedir o desenvolvimento no futuro. O desenvolvimento atual, apesar de trazer melhorias à população, trouxe inúmeros desequilíbrios ambientais como o aquecimento global, o efeito estufa, o degelo das calotas polares, poluição, extinção de espécies da fauna e flora entre tantos outros. A partir de tais problemas pensou-se em maneiras de produzir o desenvolvimento sem que o ambiente seja degradado. Dessa forma, o desenvolvimento sustentável atua por meio de alguns aspectos: Atender as necessidades fisiológicas da população; Preservar o meio ambiente para as próximas gerações; Conscientizar a população para que se trabalhe em conjunto; Preservar os recursos naturais; Criar um sistema social eficiente que não permite o mau envolvimento dos recursos naturais; Criar programas de conhecimento e conscientização da real situação e de formas para melhorar o meio ambiente. O desenvolvimento sustentável não deve ser visto como uma revolução, ou seja, uma medida brusca que exige rápida adaptação e sim uma medida evolutiva que progride de forma mais lenta a fim de integrar o progresso ao meio ambiente para que se consiga em parceria desenvolver sem degradar. Existem três colunas imprescindíveis para a aplicação do desenvolvimento sustentável: desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental. Esses devem ser dependentes um do outro para que caminhem lado a lado de forma homogênea.


Fonte: Revista Escola

O histórico discurso de Marina Silva na sua filiação ao Partido Verde.Foi um discurso cheio de emoção mas também de conteúdo que emocionou e fez pensa



1-Não foi fácil chegarmos até aqui. Acho que o Gabeira, o Sirkis, o Penna, o Zequinha, os que se colocaram, procuraram, de forma diversificada, cada um pelo seu olhar, narrar um pouco desse percurso, e a narrativa, ela é muito importante, porque cada vez que ela é feita, ela empresta um olhar, uma escuta, e eu pude ver, em diferentes olhares, em diferentes escutas, aqui que se fez este percurso, do Partido Verde no Brasil. O Partido que foi criando a sua militância, que foi se estabelecendo, mas que também foi acolhendo aqueles que, mesmo não sendo partidários, se colocam como parceiros, nessa grande rede, de buscar um mundo melhor e um Brasil melhor?Eu chego até aqui e não posso dizer para vocês que esse percurso foi fácil.

Tenho 30 anos de militância dentro do Partido dos Trabalhadores, e durante todos esses anos, juntamente com pessoas igualmente valorosas, aprendemos muito, sonhamos muito, realizamos muitas coisas boas. Sofremos alguns constrangimentos, pelo erro de poucos. Não venho mais com a ilusão dos partidos perfeitos, que acalentei durante a minha juventude. Mas, venho com a certeza de que homens e mulheres de bem podem aperfeiçoar as instituições (palmas) e que as instituições aperfeiçoam também os homens e as mulheres de bem.Durante todos esses anos de militância social e político, tenho me dedicando à causa sócio - ambiental. A primeira parte, não tinha ainda o domínio dos conceitos, quando lá, no Acre, fazíamos desempate, lutávamos, eu, o Chico Mendes, Jorge Vianna, Tião Vianna, Raimundo de Barros, tantas pessoas, para que não se destruísse a floresta e sim, transformasse toda aquela beleza, toda aquela riqueza, em simples pastagem. E, naquele momento, algumas pessoas do Rio de Janeiro olharam para nós e disseram: ´Isto que vocês fazem é defesa do meio ambiente. Isso que vocês fazem é defesa da ecologia`. E eu me lembro que quando o Gabeira, o Sirkis e as pessoas que conversavam com o Chico Mendes, começaram a fazer esse discurso e essa preleção para o Chico Mendes, ele chegou, uma vez todo animado, lá em uma reunião e disse: `O Gabeira e o Sirkis falaram que isso que nós fazemos aqui é ecologia`. E, como ele era muito brincalhão, ele disse: `E, eu perguntei para o Sirkis se isso era coisa para a gente comer` (risos). E, o Chico começou a falar, na sua forma simples, mas muito didática, desses novos conceitos. E, naquela oportunidade, começou a haver um certo estranhamento sobre a postura e a visão do Chico Mendes. Algumas pessoas do movimento sindical não compreendiam porque ele não lutava pela reforma agrária clássica, que acontecia nas demais regiões do país, mas pela reserva extrativista. Algumas pessoas não compreendiam porque a luta não era pela terra, a luta era pela floresta e, assim, o Chico Mendes foi explicando muitas dúvidas. Mas, de certa forma, ele contribuiu para que no Brasil, o primeiro projeto político que, fez uma disputa em defesa de um modelo diferente de desenvolvimento para a Amazônia, foi o Acre, com a eleição do Jorge Vianna e, tudo o que vem acontecendo lá no Estado do Acre. O Chico foi uma pessoa muito especial, como falou aqui o Gabeira e o Sirkis.Vocês sabem como foi criado o Partido Verde no Acre? O Partido Verde, no Acre, foi criado por vontade do Chico Mendes. Ele queria um partido para coligar, mas ninguém queria coligar com o PT, nem com o Chico Mendes, porque achavam que ele era contra o progresso. O progresso que destruía a floresta e as biodiversidades, as comunidades, e que fazia todo aquele estrago e que, hoje, nós vemos, e que, graças a Deus, está mudando pela consciência de homens, de mulheres, de empresários, de cientistas, de movimentos sociais, no Acre e no Brasil.Mas, ninguém queria coligar com ele àquela época. E, ele disse:`Então, nós vamos criar o PV aqui`. E, nós falamos: `Mas como vamos criar o PV, se não tem militante do PV?`. Então, ele disse: `Nós vamos emprestar militantes do PT para criar o PV`. E, fez uma grande assembléia, e um grupo de companheiros, voluntariamente, Penna, se dispuseram a fundar o Partido Verde. Pois não é que eu acho que o Partido Verde aprendeu o caminho da roça até hoje?!!! (aplausos).Mas, eu estou contando isso para poder me conectar um pouco com este evento bonito, esta festa que o Partido Verde está fazendo para a entrada das pessoas, que agora se filiaram, das milhares que vão se filiar e a minha entrada. Eu tomo este gesto, como um gesto de acolhimento muito amoroso, Gabeira, Zequinha, Penna, Juca, Sirkis, Regina, um gesto de acolhimento amoroso.


2.Eu sou uma pessoa que funciono por metáforas. E não foi fácil viver os últimos dias que eu vivi. Há algum tempo, eu venho pensando a questão da sustentabilidade, como algo estratégico para o Brasil, como algo estratégico para o planeta. Nos últimos dez anos, tenho andado o Brasil afora, e eu sinto que está germinando uma nova consciência, uma nova prática, uma nova forma de pensar as políticas públicas, de pensar o trabalho dentro das empresas, dentro das diferentes atividades econômicas, dentro da academia, dos movimentos sociais.Está germinando uma nova forma de produzirmos a base material da nossa existência. E por que isto está acontecendo? Porque nós estamos vivendo duas crises: uma crise econômica, que todos se preocupam, com justa razão, para resolvê-la. Mas, também, vivemos uma crise ambiental sem precedente, e que nem todos se preocupam com a mesma intensidade, para resolver esta crise. Só que a segunda é mais grave que a primeira. E, se não resolvermos a segunda, qualquer saída para a primeira, será uma falsa saída. Porque não há como resolver os problemas econômicos e sociais, destruindo as bases naturais do nosso desenvolvimento.E o sistema climático, que está mudando, pelo seu aquecimento, nos dá conta, como um recado mais radical da relação nefasta do homem com a natureza, de que chegamos à era dos limites; de que não é mais possível continuar com a mesma visão de desenvolvimento linear. Não é mais possível imaginar o desenvolvimento, sem que isso se traduza em duas responsabilidades: como atender os reais direitos das gerações presentes, sem que isso signifique comprometer os reais e legítimos direitos daqueles que ainda não nasceram? Essa é a equação que está colocada em todo o mundo, para todos os homens, para todas as mulheres, de todos os setores da sociedade. É isso que chamamos de desenvolvimento sustentável.Mas para que o desenvolvimento sustentável aconteça no Brasil e no mundo, é preciso que se crie uma cultura de sustentabilidade. E a sustentabilidade, ela se refere, se reporta a várias dimensões: a dimensão econômica, a dimensão social, cultural, a dimensão política, estética e a dimensão ética. Não há como fazer a mudança que precisamos fazer, com a magnitude que precisa ser feita, sem que haja uma forte base social, um grande acordo social, que viabilize a sustentabilidade política para esse novo fazer.Um novo fazer que não pode mais ser remetido para o amanhã. É um novo fazer que tem que começar agora (palmas). E, nós não temos o direito de adiar essa responsabilidade, esse compromisso. É por isso e, é em nome desse compromisso, que eu me submeti à reflexão, quando o Partido Verde, ao se dispôs a fazer uma revisão programática, colocando a questão do desenvolvimento sustentável, como a estratégia do seu programa e um processo de reestruturação. Eu me comovi e me movi para este desafio e, foi por isso que comecei um processo difícil doloroso, de conversa com meus companheiros do PT, e me expondo aos seus argumentos, porque eu tenho a clareza de que tudo que fizemos juntos deve ser preservado no melhor lugar da nossa casa comum, que é este planeta Terra.Mas, durante esses diálogos todos, eu ouvia das pessoas: porque você não permanece e vamos fazer esse embate dentro do PT, para convencer o PP de que a questão da sustentabilidade deve ser estratégica ? E eu percebi, que não se tratava mais de continuar para fazer um embate, para convencer daquilo que o mundo inteiro já está convencido (palmas). Tratava-se de fazer um encontro com aqueles que já estão convencidos e, que se dispõem a fazer o convencimento de outras pessoas, inclusive de outros partidos. E, eu espero que este gesto possa contribuir para que a questão da sustentabilidade esteja como estratégica , não apenas no PV, que é pioneiro e, está de parabéns por isso, mas também no PT, no PCdoB, no PSDB, em todos os partidos (palmas), que não podem se furtar a esse desafio.Mas, do que nos partidos, que a questão da sustentabilidade, em todas as suas dimensões, esteja presente no fazer da sociedade, na diversidade social e cultural, que é maior do que os partidos, não temos que ter a pretensão de querer homogeneizar a sociedade. A sociedade é diversa, os núcleos vivos da sociedade, da academia, do empresariado, dos movimentos sociais, das ONGs, da arte, da espiritualidade, eles são disponíveis para contribuir com esta causa, mas, muitas das vezes, não querem se filiar e, é muito bom que tenhamos pessoas assim, como médicos, como empresários, como cientistas, como advogados, na condição daqueles que vão fazer a transformação.Porque não há mais espaço para a velha política de fazer as coisas para as pessoas, é preciso que se faça com as pessoas (palmas). Há uma mudança de paradigma, e essa mudança de paradigma tem que ser internalizada por todos. E o que significa isto? Significa respondermos à interpelação ética, que está diante de nós. Países ricos, o que vocês fizeram no passado com os recursos naturais de vocês? Com o processo de desenvolvimento de vocês? Que nos trouxe tantas vantagens, temos que ser leais em afirmar, mas, que também nos trouxe muitos problemas. O homem tentando superar os limites, que a natureza lhe impõe, encontrou o limite da própria natureza e nós nunca nos sentimos tão desamparados.A pergunta a eles é o que fizeram, no passado, que nos levou a comprometer as possibilidades de vida na Terra? Mas, a interpelação ética que nos é feita é de outra natureza, é em relação ao nosso futuro: o que vocês vão fazer para que as florestas, que vocês ainda têm? No Brasil, 60% de florestas. O que vocês vão fazer com as espécies vivas, que vocês ainda têm? No Brasil, 22% das espécies vivas do planeta. O que vocês vão fazer com a água doce, que no planeta inteiro, só 3% é disponível para o acesso, para o cultivo, para a indústria e a dessendentação? O que vocês vão fazer com os 11% de água doce que vocês tem? O que vocês vão fazer com os povos originários que vocês ainda tem, que são mais de cem povos, que falam mais de cem línguas? É uma interpelação de outra natureza. E ela é instigante, porque aprendendo com os erros do passado, daqueles que ainda não sabiam que estavam prejudicando o planeta, nós podemos re-significar a nossa ação.Existe um ditado chinês que diz: “Sábios são aqueles que aprendem com os erros dos outros. Agora, estúpidos são aqueles que não aprendem nem com seus próprios erros". (palmas). Se nós não formos capazes de aprender com os erros dos outros, que pelo menos, sejamos capazes de aprender com os nossos próprios erros. Porque no Brasil, nós também, já erramos. A Mata Atlântica, era 1,3 milhões de quilômetros quadrados, só restam 7%. Quando os portugueses chegaram aqui, eram cinco milhões de índios, só restam 700 mil. Um milhão, a cada século, foi eliminado. Nós não temos o direito de não fazer diferente, temos que fazer diferente. E para isto, vamos ter que contar com a ajuda e o trabalho de todo mundo. E, por isso que eu estou aqui.


3.Eu disse que sou uma pessoa que funciono por metáforas para passar a minha dor e, quando eu estava naquela discussão difícil para tomar esta decisão, que agora se faz alegre. Olhando para vocês, se faz alegre (palmas). E, eu disse para os meus companheiros, quando chegou o momento de dizer que havia tomado à decisão, que às vezes, dentro de uma casa, é necessário que a gente saia, filho saia, às vezes o irmão saí, para fazer a sua casa. E, isto não significa que estamos rompendo com o passado das coisas boas e, nem tão pouco nos disresponsabilizando com os erros que foram cometidos, porque o caminho mais fácil é o do rompimento, e de achar que pode levar apenas a herança boa e se descomprometer com toda a história que viveu. No meu caso, não é possível. São 30 anos de história. E, as pessoas podem me perguntar: “Mas, porque só agora?” E, essa pergunta é legítima. Então, eu disse: “Estou saindo para fazer uma outra casa. E para morar, talvez, na mesma rua, no mesmo bairro, na mesma vizinhança”. Qual a única forma talvez de continuarmos juntos? Não é para fazer um novo caminho. É uma nova maneira de caminhar. É uma nova maneira de caminhar que eu aprendi há muito tempo, com as pessoas que citei, que fizeram o beabá da ecologia, para mim. Eu tive que me segurar muito para poder fazer este discurso. Eu havia pensado algumas coisas. Mas, eu resolvi e desisti, por que agora é um momento de falar mesmo com o coração (palmas). De falar com o coração, eu quero homenagear este meu passado, da seguinte forma: existe..., são palavras dita por Guimarães Rosa, em um conto, chamado Nem um, Nem uma, e tem um momento em que o personagem diz o seguinte: “será que você seria capaz de se esquecer de mim e assim mesmo, depois e depois, sem saber, sem querer, continuar gostando, como é que a gente sabe?” Essa é a homenagem que eu faço para o meu passado (palmas). Eu vou continuar gostando e gostando sem querer, sem saber, de todas aquelas pessoas que construíram a História. Mas, Gabeira, Sirkis, eu quero homenagear esta nova casa, que já existe e que agora eu estou me dispondo a, junto com vocês, ampliar o alcance, fazer as mudanças, preservar aquilo que precisa ser preservado; com as palavras de um homem, que é muito importante na minha formação ética, que é Santo Agostinho, e aí vocês vão entender porquê. Essa é a homenagem, que eu quero fazer para os verdes, depois do Guimarães Rosa para o PT. Disse Santo Agostinho: “Tarde vos amei, beleza tão antiga e tão nova. Tarde vos amei.


4.Eu quero terminar, dizendo para vocês, porque queremos fazer coisas, nós estamos aqui porque temos ideais e que em cima de princípios éticos e valores morais duradouros. Nós podemos fazer alianças pontuais. Porque não somos obrigados a pensar da mesma forma, do mesmo jeito. Nós não somos sacos de estopa. Nós somos pessoas diferentes, com desejos diferentes. Não é errado ter diferentes interesses. O erro é quando alguém pensa que, de forma ilegítima, vai fazer o seu interesse se sobrepor ao dos demais (palmas).O interesse da nação brasileira, da preservação do planeta, está acima de nós. E é em nome desse interesse maior que nós estamos unidos. Para isso, cada um vai ter que assumir a sua posição, a sua responsabilidade, e eu sempre digo que para esta mudança precisam três coisas: ter a visão – e que seja uma visão generosa, acolhedora da diferença -, que não pretenda hegemonizar as diferenças, nem diluir os sonhos; e, que seja um processo democrático aberto, transparente, com lideranças multicêntricas, para processos e respostas multicêntricas. Que sejam estruturas flexíveis, capazes de comportar o melhor da academia, dos movimentos sociais, da política, dos governos, do empresariado, da arte e da espiritualidade.Para isso, cada um, vai ter que ajudar a construir. Isso não vem porque nós, simplesmente, desejamos. É uma construção histórica. E, cada homem, cada mulher deve e pode fazer. Agora, uma coisa importante: essa transformação será fruto da vontade e da determinação de homens e mulheres que se colocam como mantenedores de utopia, mesmo em uma idade já amadurecida.Mas, para que isso aconteça, é fundamental a força e o envolvimento da juventude. É a juventude que faz mudança. Sem ela, nada muda (palmas). Tudo fica no lugar. No Acre, nós mudamos, porque foi possível, Juca, grupo de jovens sonhadores, ao lado de Chico Mendes, Dom Moacir, Leonardo Boff, Clodovis Boff; eles nos davam suporte para sonharmos. Eu nunca esqueço, no dia em que D. Moacir me mandou, numa canoa, para levar alimentos para alguns trabalhadores, que estavam lá no seringal Catuaba, isolados, com jagunços, e eu e a Celma íamos remando, na canoa. Ela, 17 anos e eu, 19 anos. Um pouco mais magrinha do que hoje, mas dava para ver, para perceber.E, quando nós passávamos, ninguém dava a mínima para aquelas duas meninas. Levávamos a comida e voltávamos. Um belo dia, já um pouco mais grandinha, numa reunião, deveríamos ter 28, para 30 - da idade da minha filha Shalom, que está aqui (minha filha Moara, minha sogra, meu sogro, meus amigos, minha família – palmas – que estão aqui) eu disse numa reunião, para D. Moacir: “D. Moacir, como é que o senhor teve a coragem de mandar aquelas duas meninas lá, no olho do furacão, do conflito armado?” Obviamente, que o inconsciente faz armadilhas, e eu queria que ele dissesse, Augusto: ”vocês eram muito corajosas, vocês eram muito ousadas, vocês eram meninas muito fortes”. Ele olhou para mim e disse: “Minha filha, quem não tem quem mandar, manda qualquer um”. (risos) (palmas)Pois não é que essa história de mandar qualquer um dá certo? Então, não espere para se transformar primeiro no Obama, no Pelé, em quem quer que seja. Vai em nome de qualquer um, que é isso que faz a mudança. Se coloque no seu lugar e faça a diferença (palmas). Para concluir, eu vou terminar com uma poesia, que eu faço, que os meus assessores não aguentam mais. O Capobianco não aguenta mais, o Fábio Feldman também não. Mas, aqui no PV, é nova, então eu posso, dizer (risos).Está um pouco por aí, nos mangues, eu vi. É algo que nos chama a fazer esse revezamento, de que ninguém deve ser líder de tudo e ainda querer ser líder do resto. Isso não dá certo. E no Brasil, isso está destruindo a política, um pouco. Na Amazônia, tem uma árvore chamada “taxí”. Tem umas formigas, e em baixo do taxí, não nasce absolutamente nada. E, eu lá no Acre, eu dizia: não podemos taxí, porque é preciso que possam nascer novas plantas. Os lagos só são ricos na Amazônia, porque de vez enquanto, eles são inundados pelas águas e levam novos nutrientes e novos peixes. Se você derreter tudo, vai acabar virando um mar morto.Então, cada um se coloque na posição de revezamento. É mais ou menos assim: “Do arco que empurra flecha, quero a força que a dispara, do alvo que é mirado, quero que o faz desejado. Do desejo, que busca o alvo, quero o amor por razão. Só assim, não terei armas. E, assim, não farei guerras e assim fará sentido o meu passar por esta Terra. Sou o arco, sou a flecha. Sou todo em metades. Sou as partes que se mesclam nos propósitos e nas vontades. Sou o arco por primeiro. Sou a flecha por segundo. Sou a flecha por primeiro, sou o arco por segundo. Buscai o melhor de mim, e terás o melhor de mim. Darei o melhor de mim onde precisar o mundo. Que o mundo possa levar o melhor de cada um de nós, nesse ato, nesse gesto, de acolhimento, que é do Brasil, que é do planeta, que é de um mundo melhor”.

Muito obrigada e um beijo no coração dos verdes.